Conhecendo Chichén Itza – uma das 7 maravilhas do mundo moderno

chichen-itza-lembrancas-da-gabi
O nosso primeiro passeio no México foi para conhecer Chichén Itza, um dos pontos turísticos mais famosos do país e também uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

Comprando o tour pela internet

Nós compramos esse tour (e mais três outros) pela Decolar ainda no Brasil. O que achamos legal de comprar pela Decolar, é que pagamos em real, sem surpresas de câmbio, podemos agendar o dia do passeio e também podemos parcelar se quisermos.

Alguns dias antes da viagem nós recebemos um e-mail nos dando as instruções sobre o tour e onde seria o ponto de encontro para nos encontrarmos com o guia. Eles procuram marcar o ponto de encontro no local mais próximo do seu hotel, no nosso caso esse lugar era o Coco Bongo.

Nós chegávamos uns 5 minutos antes da hora marcada no Coco Bongo e sempre havia várias pessoas esperando para fazer passeios para diferentes lugares. Geralmente algum guia chegava, anunciava o destino e chamava uma lista de pessoas, quando não ouvíamos direito o que o guia falou, nós íamos nele e checávamos  se o nosso nome estava na lista.

Tanto nesse passeio quanto no das Ruínas de Tulum, nossa agência se atrasou um pouco, cerca de 15 minutos.

A agência que nos levou foi a EKNX Tours, nosso guia era maia, e contou a história do seu povo com muito amor e vontade. Recomendamos muito essa agência.

Nosso grupo tinha umas 10 pessoas, e fomos em lotação completa na van.

Primeira parada -> Valladolid

A primeira parada do passeio foi na cidade de Valladolid, que fica cerca de 2 horas de Playa del Carmen.

A cidade foi declarada Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco e é chamada de “pueblo mágico”  pelo governo do México, por causa da variedade de atrações culturais, naturais e gastronômicas que Valladolid oferece aos visitantes.

Ficamos apenas uma meia hora por lá, nesse tempo nós conhecemos a praça principal, chamada Parque Francisco Cantón Rosadoonde eu tirei uma das fotos que eu mais gosto da viagem com a bandeira mexicana de fundo.

valladolid-mexico-lembrancas-da-gabi-blog

Vimos por fora a igreja San Servacio, que fica em frente a praça principal e tem um estilo colonial lindo. Te dá a sensação de ter voltado no tempo.

valladolid-mexico-lembrancas-da-gabi-blog2

Também conhecemos rapidamente a prefeitura que tem um salão com quadros que contam a história da colonização do país, e da luta dos mexicanos pela liberdade.

photo_2019-03-26_23-01-35valladolid-mexico-lembrancas-da-gabi-blog5

Esse salão também oferece uma vista privilegiada da Praça Francisco Cantón Rosado.

valladolid-mexico-lembrancas-da-gabi-blog3

Nós amamos a cidade, que tem um jeito colorido e mágico que nos encantou.

Segunda Parada -> Kaua

kaua-lembrancas-da-gabi-blog1

A segunda parada foi na cidade de Kaua, onde almoçamos comidas típicas dos maias. O almoço estava incluso no tour que compramos, só pagamos as bebidas.

kaua-lembrancas-da-gabi-blog2

A comida dos maias se parece muito com a nossa: tem arroz, feijão, frango e é muito saborosa

O local que paramos com a agência de viagens tinha uma loja de souvenirs, com muita coisa legal, e também murais lindos retratando a cultura maia.

kaua-lembrancas-da-gabi-blog3

Além disso pudemos ver como os maias faziam suas comidas e beber um suco maravilhoso, que eu não lembro o nome, rs… O suco é feito de uma planta dessa região, e  é muito bom!

Terceira Parada -> Chichen Itzá

Na nossa terceira parada chegamos a Chichen Itzá, que foi uma grande cidade construída pela civilização maia.

chichen-itza-lembrancas-da-gabi2

Templo dos guerreiros

Como eu já disse anteriormente o nosso guia era maia, e ele nos explicou em detalhes (em espanhol e inglês) toda a história de Chichen Itzá e das obras que os maias construíram e que até hoje se encontram no sítio arqueológico.

É impossível não ficar impressionado com a inteligência dos maias, eles eram extremamente avançados na matemática, astronomia e na arquitetura. Infelizmente com a colonização espanhola a maior parte desse conhecimento foi destruída. Mas ainda hoje podemos conhecer e aprender muito com esse povo.

El Castillo (Templo de Kukulcán)

Esta que provavelmente é a construção mais conhecida e famosa de Chichen Itzá, fica bem no centro do sítio arqueológico e impressiona pela beleza.

chichen-itza-lembrancas-da-gabi3

Mas impressiona muito mais quando nos explicam que nada na pirâmide é por acaso: “possui uma altura de 30 metros, sendo 26 metros de plataformas somadas aos 4 metros do templo que se encontra no topo. O templo é composto por diversas plataformas quadradas, empilhadas uma a uma. Cada lado de pirâmide possui uma escadaria que leva até o templo, sendo que cada uma dessas escadarias possui 91 degraus. Logo na entrada do templo temos um único degrau, contabilizando no total 365 degraus, representando assim os 365 dias do calendário maia.” (Texto extraído do Wikipedia)

chichen-itza-lembrancas-da-gabi4

Para mim o mais incrível desse templo, é que quando ficamos posicionados em frente a escadaria principal e batemos palma, o eco que saí do templo é o mesmo som que um pássaro chamado Quetzal faz; os maias consideravam esse pássaro um mensageiro dos deuses. É incrível gente, uma experiência única. Vejam no vídeo abaixo:

“Tecnicamente, isto é devido às interferências das ondas de reflexão do som ao chocar com os degraus inferiores e superiores da escadaria. Apenas os sons de baixa frequência como o aplauso produzem esse efeito.” (Fonte: Wikipedia)

É um passeio único, o local é realmente maravilhoso, e nós recomendamos fortemente que o visitem quando estiverem na região de Cancún, Playa del Carmen ou Tulum; afinal não é todo dia que se tem a oportunidade de conhecer ao vivo umas das 7 maravilhas do mundo.

Quarta Parada -> Cenote Ik Kil

Por fim, fomos conhecer o cenote Ik Kil, o lugar é lindo, uma obra perfeita da natureza. Mas é um pouco escuro e estava MUITO cheio, então nossas fotos não ficaram muito boas.

Nós não resistimos e mergulhamos no cenote, com bóias, porque ele tem 40 metros de profundidade. Mas como estava muito cheio não conseguimos aproveitar muito.

Segue fotos da expectativa:

ik-kil-lembrancas-da-gabi
ik-kil-lembrancas-da-gabi2

E agora da realidade:

ik-kil-lembrancas-da-gabi3

Afinal, isso também faz parte da vida do turista, né?

Esse foi o nosso primeiro passeio na região da Riviera Maia e nós amamos! Em apenas 1 dia conhecemos 4 lugares incríveis; é um pouco cansativo, mas vale muito a pena.

Semana que vem eu trago o post do segundo passeio que fizemos na região, fomos conhecer as Ruínas de Tulum e um cenote incrível.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s