Roteiro de 11 dias na Riviera Maia – Playa del Carmen, Tulum, Cancún e Cozumel

Nós escolhemos a região da Riviera Maia no México para ser o nosso destino de lua de mel; e acredito que escolhemos um destino perfeito e completo.

photo_2019-07-06_23-23-05

A região reúne paisagens incríveis, história, cultura e gastronomia riquíssimas. E como muitos turistas do mundo todo vão para lá, a infraestrutura nas cidades é muito boa, há muitas opções de agências para passeios, além de lojas conhecidas para fazer compras.

Nesse post você vai ler sobre:

Dia 1 ao 4 – Descansando e aproveitando nosso resort

Nós estávamos muito cansados de toda a correria do casamento e da nossa escala de 12 horas em Bogotá! Por isso escolhemos começar a lua de mel descansando bastante no Xcaret Hotel, que foi o melhor hotel que já ficamos na vida, rs…

hotel-xcaret-lembrancas-da-gabi-blog2

Vista do nosso quarto, já acordava feliz e colocava o biquini. ;)

O translado do aeroporto de Cancún até o hotel foi feito com o próprio transfer deles, nós chegamos no aeroporto e tinha um funcionário do hotel do lado de fora que chamou o ônibus para nós. E de lá seguimos para o paraíso.

hotel-xcaret-lembrancas-da-gabi-blog8

Nós escolhemos passar 3 dias no resort, e acho um tempo bom para descansar de verdade, e relaxar. Porque as vezes nos empolgamos com o destino e queremos fazer tantas coisas, que acabamos voltando mais cansados para casa. Hehe

Mas o hotel que ficamos tinha tantas coisas para fazer, tanto dentro do hotel quanto nos parques da rede Xcaret (o acesso a todos os parques e tours da rede estão inclusos na diária) que acho que o tempo ideal para aproveitar esse hotel são 7 dias.

hotel-xcaret-lembrancas-da-gabi-blog1-

Leia a nossa review sobre como é se hospedar no Xcaret Hotel com tudo incluso e acesso livre aos parques.

Dia 4 – Chegada ao centro de Playa del Carmen/ conhecendo o Hotel Hacienda Real del Caribe/ Jantando no restaurante La Perla Pixan Cuisine

No dia 4 saímos do Xcaret, e fomos para o centro de Playa del Carmen. Nós fomos de táxi e a corrida custou 300 pesos (aproximadamente R$60, por um trajeto de 10km); nós sempre perguntávamos para o taxista quanto custaria a corrida antes de entrarmos no táxi; isso evita ter surpresas depois.

Chegamos ao centro de Playa e ao nosso novo hotel o Hacienda Real del Caribe. Esse hotel era bem mais simples que o Xcaret, mas a localização dele era ótima: bem no centro de Playa del Carmen, perto do Coco Bongo, Wallmart e da Quinta Avenida (onde tem várias lojas e restaurantes).

img_7510

O hotel era bem charmoso, a limpeza dele estava boa, e o café da manhã não era incluso, mas era barato e gostoso.

O preço da diária do hotel também é outro ponto forte dele, porque é muito barato! Ficamos 5 dias no Hacienda Real del Caribe, e pra gente o custo-benefício foi ótimo, nós fizemos passeios a maioria dos dias que ficamos por lá, então não fazia sentido pagar um hotel mais caro e ficar o dia inteiro fora dele.

Leia a nossa review sobre o Hacienda Real del Caribe

Nós aproveitamos a metade do dia para conhecer o centro da cidade, e jantamos no Perla Pixan Cuisine, um restaurante mexicano muito bom e com um preço justo.

Eu fiz um post com dicas de onde comer em Playa del Carmen, e nele trago mais detalhes desse e de outros restaurantes que experimentamos e aprovamos por lá.

Dia 5 – Conhecendo Chichén Itzá e o cenote Ik Kil

No nosso quinto dia no México, fomos fazer nosso primeiro passeio oficial, e a atração principal era conhecer Chichén Itzá: uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

chichen-itza-lembrancas-da-gabi4

Cansados, com calor, mas MUITO felizes de conhecer esse lugar histórico!

Esse e todos os passeios que fizemos por lá, nós compramos pela Decolar e foi bem tranquilo, encontramos nosso guia na frente do Coco Bongo, que ficava bem próximo do nosso hotel.

kaua-lembrancas-da-gabi-blog3

As cores do México <3

O passeio durou praticamente o dia inteiro, e nele nós conhecemos além de Chichén Itzá, as cidades de Valladolid e de Kaua, e o cenote Ik Kil. Foi cansativo, mas muito gostoso, a cada parada nos apaixonávamos mais e mais pelo México, sua história e suas belezas naturais.

Tem um post só sobre esse passeio aqui no blog, com todos os detalhes de cada lugar que passamos!

Dia 6 – Ruínas de Tulum e cenote Dzonot Wayak

No sexto dia fomos conhecer as ruínas de Tulum, outra cidade maia incrível que fica nessa região.

ruinas-de-tulum-lembrancas-da-gabi-blog

Tulum significa cidade amuralhada e essa antiga cidade maia é cercada por uma muralha de um lado e pelo mar do Caribe do outro, simplesmente incrível e lindo demais.

ruinas-de-tulum-lembrancas-da-gabi-blog4

Depois de conhecermos as ruínas de Tulum, fomos nos refrescar do calor em um cenote incrível o Dzonot Wayak.

cenote-dzonot-wayak-lembrancas-da-gabi-blog5

Nós gostamos mais dele do que do Ik Kil, eles são bem diferentes: o Ik Kil fica dentro de uma enorme caverna, e esse era todo aberto. E o Ik Kil por ser mais famoso estava lotado o dia que fomos, enquanto o Dznot Wayak estava vazio!

cenote-dzonot-wayak-lembrancas-da-gabi-blog2

Foi um dos lugares mais lindos que já vimos na vida e amamos esse passeio; como Tulum fica mais perto de Playa do que Chichen Itzá esse passeio durou metade do dia e foi menos cansativo que o anterior.

Veja o post com mais detalhes sobre esse passeio e todas as fotos que tiramos por lá.

Dia 7 – dia livre

img_7511

No sétimo dia, nós descansamos, rs… Brincadeiras a parte, nós acabamos não planejando nada para esse dia e decidimos descansar e aproveitar o centrinho de Playa del Carmen.

Dia 8 – Conhecendo Cozumel e o Coco Bongo

Começamos nosso dia cedo, indo para o terminal marítimo de Playa del Carmen, que ficava há cerca de 10 minutos a pé do nosso hotel. Lá nós pegamos um barco para Cozumel, a viagem durou cerca de 40 minutos (o Rafa sentiu enjoo na volta, e eu não senti nada).

snorkel-em-cozumel-lembrancas-da-gabi-blog1

Em Cozumel pegamos um barco menor e fizemos snorkel no meio do mar, o nosso guia nos contou que a ilha possui a segunda maior barreira de recifes do mundo e foi uma experiência incrível para nós.

snorkel-lembrancas-da-gabi-blog2

Depois disso seguimos para a praia mais linda que já vimos na vida: El Cielo.

cozumel-lembrancas-da-gabi-blog3

A cor da água é de um azul incrível, ficamos apaixonados, e aproveitamos muito esse paraíso.

cozumel-lembrancas-da-gabi-blog2

Por fim, almoçamos e descansamos um pouco no Beach Club Playa Mia, depois nosso barco voltou para Cozumel, e pegamos o ferry para Playa del Carmen.

Veja o post com todos os detalhes de como pegar o ferry e muitas fotos desse passeio incrível que fizemos em Cozumel

Mas o dia ainda não acabou, a noite fomos conhecer o Coco Bongo, uma balada incrível que tem em Playa del Carmen, Cancún e Punta Cana.

coco-bongo-lembrancas-da-gabi

Eu não gosto nada de baladas, rs… Inclusive essa foi a única balada que eu já fui na vida; e eu só fui mesmo por causa das apresentações musicais que acontecem durante a balada. Vimos Beatles, Queen, Moulin Rouge, Batman e muito mais…

Leia o post completo sobre o Coco Bongo, com a nossa opinião se vale a pena ou não conhecer!

Dia 9, 10 e 11 – Ida para Cancún / Conhecendo o hotel Panama Jack / Volta para o Brasil

No dia 9 nos despedimos de Playa del Carmen, e fomos para Cancún onde iríamos passar os últimos dias da nossa viagem.

Pegamos um táxi de Playa para Cancún, ele custou 600 pesos mexicanos; cerca de R$120, por um trajeto de 56km; o táxi ficou muito mais barato que o primeiro que pegamos do Xcaret para o centro de Playa (R$60 por um trajeto de 10km), porque no primeiro caso foi o hotel que ligou para o taxista e nesse nós perguntamos para taxistas que ficavam na rua do lado do nosso hotel (em frente ao Coco Bongo). Os taxistas do centro de Playa tem um preço tabelado, e eles nos mostraram na tabela quanto ficaria do centro de Playa para a zona hoteleira de Cancún.

img_8169

Assim como no começo da viagem, nós escolhemos descansar no final também; afinal quando voltássemos para o Brasil, iríamos voltar a trabalhar e nos acostumar com uma nova rotina (sem a ajuda dos nossos pais, hahaha).

Fomos então para o Panama Jack, um resort all inclusive que tem um ótimo custo-benefício em Cancún. O hotel é bem legal e oferece várias atrações para os hóspedes e cerca de 10 restaurantes (todos inclusos na diária).

panama-jack-lembrancas-da-gabi-blog13

Comer com uma vista dessas não tem preço

Passamos 2 dias curtindo o hotel, descansando e aproveitando mais um pouco desse lugar mágico que é o Caribe mexicano.

img_8166

Leia a nossa review sobre o Panamá Jack Resort Cancún

Por fim, no dia 11 fizemos check-out e pegamos um táxi do hotel para o aeroporto internacional de Cancún; essa corrida custou 250 pesos mexicanos; cerca de R$50 por um trajeto de aproximadamente 1 km; mais uma vez foi o hotel que chamou o táxi e o preço ficou super caro.

Esse foi o nosso roteiro de 11 dias pela região da Riviera Maia, eu amo essa região pois dá para descansar, curtir praias e cenotes incríveis e conhecer mais da história e cultura do México.

Mais lugares para conhecer na região

Antes de terminar esse post, quero indicar alguns lugares e passeios muito legais na região que nós não fizemos mas que valem muito a pena:

  • Parque Xcaret
    O parque Xcaret é incrível e lindo, nele é possível tanto curtir as belezas da região (há cenotes dentro do parque), quanto conhecer mais da cultura e história do México. No fim do dia, por volta das 18h há um show lindo que conta a história do México.
    Leia o post do Idas e Vindas sobre o que fazer no Parque Xcaret

 

  • Cenote dos Ojos
    O Cenote dos Ojos, fica em Tulum, e é um dos cenotes mais lindos da região (procura no Google, tenho certeza que você vai se apaixonar); não achamos nenhuma agência que fizesse tour para lá e achamos muito difícil ir de táxi ou transporte público, mas se você pretende alugar um carro, pode ser uma boa acrescentar esse passeio na sua lista.
    Leia o post do Viajei e compartilhei sobre o Cenote dos Ojos

 

  • Isla Mujeres
    Isla Mujeres é uma ilha linda, que fica próxima de Cancún. Há ferries que saem dos vários terminais de Cancún para lá. A ilha é pequena e dá para conhecer bastante coisa dela em um dia. O que a maioria das pessoas faz é alugar um carrinho de golfe e ir parando em vários pontos da ilha durante um dia inteiro de passeio; para alugar o carrinho podem pedir carteira de motorista (a do Brasil é aceita).
    Leia o post do Viagens Cinematográficas, com dicas do que fazer em 1 dia em Isla das Mujeres

 

LEIA TAMBÉM

Hospedagem em Playa del Carmen: como é se hospedar no resort da rede Xcaret 
Hospedagem barata em Playa del Carmen: nossa experiência no Hacienda Real del Caribe
Conhecendo Chichen Itzá: uma das 7 maravilhas do mundo moderno
Conhecendo as Ruínas de Tulum e o cenote Dznot Wayak 
Conhecendo Cozumel: a segunda maior barreira de corais do mundo e a praia El Cielo
Conhecendo o Coco Bongo em Playa del Carmen
Hospedagem em Cancún: nossa experiência no Panamá Jack
8 motivos para os brasileiros conhecerem a Riviera Maia

QUE TAL SEGUIR O BLOG NAS REDES SOCIAIS? ♥

No Instagram você pode acompanhar nossas viagens em tempo real, nosso dia a dia e receber muitas dicas.

No Facebook sempre estamos compartilhando posts novos e antigos, e você não vai perder nenhuma novidade por lá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s