Guia de Buenos Aires: o que fazer, onde comer, transporte e dicas

Casa-Rosada-Lembrancas-da-Gabi-blog1
Quem acompanha o instagram do blog (@lembrancasdagabi) sabe que eu e o Rafa viajamos para Buenos Aires em outubro de 2019, e ficamos 6 dias curtindo a cidade.

Nesse post eu reuno tudo o que fizemos por lá, os restaurantes que comemos, e várias dicas para ajudar vocês a organizarem uma viagem para a capital argentina.

Nesse post você vai ler sobre:

Sobre Buenos Aires, Argentina

rosedal-palermo-lembrancas-da-gabi-blog
Buenos Aires é a capital da Argentina e nós ficamos totalmente apaixonados pela cidade.
Para começar Buenos Aires é uma cidade plana, o que é ótimo e muito convidativo para turistas fazerem longas caminhadas conhecendo cada cantinho especial do lugar.

Além disso a cidade possui muitas praças e parques, e achamos ela bem limpa e apesar de ser a capital da Argentina, achamos tranquila de passear e andar.

Há muitos restaurantes, museus, e coisas para fazer, a cidade é surpreendente e apaixonante, nos conquistou com seu ritmo, sua beleza, cultura e gastronomia maravilhosa.

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Argentina. Basta apenas levar o passaporte válido ou o RG.
Se você for entrar com RG na Argentina, é preciso que ele esteja em boas condições e de preferência que tenha menos de 10 anos da data de emissão, para evitar problemas com as companhias aéreas e a imigração.

Como ir do aeroporto Ezeiza para Buenos Aires

Ônibus Executivo
A empresa Manuel Tienda León oferece ônibus executivos que saem de meia em meia hora do aeroporto de Ezeiza e vão até o Terminal Madero. Do terminal Madero você pode pegar o metrô para a sua hospedagem.

O trajeto do aeroporto ao terminal Madero dura cerca de 40 minutos. E o valor aproximado é de 370 pesos (cerca de R$30 em outubro de 2019). 

Uber
Foi a opção que escolhemos, fomos para a parte B do estacionamento do aeroporto e de lá pegamos nosso Uber; a corrida do aeroporto até a nossa hospedagem na Recoleta deu 1000 pesos (aproximadamente uns R$75 em outubro de 2019).

Pagamos com o cartão no aplicativo e não tivemos problema nenhum; é sempre bom ir alguém na frente, porque o Uber não é legalizado em Buenos Aires e isso evita problemas com taxistas.

Comparando os preços, o Uber valeu mais a pena do que o ônibus, porque não tivemos que esperar e ele nos deixou na porta do nosso apartamento; caso você esteja em 2 pessoas ou mais, talvez o Uber seja a melhor opção.

Como ir do aeroporto Aeroparque para os principais bairros de Buenos Aires

O Aeroparque fica bem no meio da cidade e é mais fácil de chegar do que o Ezeiza.

Uber
Na saída de Buenos Aires, nosso vôo foi pelo Aeroparque e nós escolhemos ir até lá de Uber, pagamos cerca de R$15 da Recoleta para o aeroporto.

Moeda e Câmbio

A moeda do país é o peso argentino, a cotação turismo de outubro de 2019 estava aproximadamente 1 real = 10 pesos argentinos.

A dica é levar poucos pesos do Brasil para caso você precise nos primeiros dias; de resto leve real e troque na Argentina; pois lá você conseguirá cotações melhores. A rua Calle Florida no centro da cidade, possui várias casas de câmbio que oferecem boas cotações para trocarmos real para peso (ou vice-versa).

Idioma

Na Argentina assim como na maior parte da América do Sul, o idioma é o espanhol. Nosso espanhol é bem básico, e nos viramos tranquilamente no portunhol por lá.

Algumas dicas:

  • Cartão = Tarjeta
  • A vista = Efectivo
  • Menu executivo = Menu del día
  • Gorjeta = servicio ou propina

 Onde se hospedar

Nós pesquisamos bastante quais seriam os melhores bairros para nos hospedarmos, e a maioria dos lugares falava que o melhor seria se hospedar na Recoleta ou em Palermo (são bairros praticamente vizinhos).

As pessoas não recomendam ficar no centro, porque a noite costuma ser mais parado por lá; então você ficaria limitado para sair e passear a noite.

Nós escolhemos alugar um Airbnb na Recoleta, ficamos 9 minutos a pé (700 metros) da estação Aguero do metrô. Gostamos bastante do bairro, havia muitas opções de cafés, restaurantes, mercados e farmácias (inclusive 24 horas). Além de ser muito seguro e tranquilo de andar a noite (voltamos por volta da meia noite de um show, e andamos tranquilamente da estação Aguero até o nosso apartamento).

Nós passeamos bastante pela região de Palermo e também achamos o bairro agradável: lá tem vários parques, museus e restaurantes. Mas não achamos tão bem servido de estações de metrô como a Recoleta.

Como se locomover em Buenos Aires?

A pé – Como eu disse no começo desse post, Buenos Aires é uma cidade plana, e que nos convida a longas caminhadas. Por isso, a dica é: sapatos confortáveis e vai embora! A pé conhecemos melhor a cidade, vemos as pessoas na rua, gastamos as calorias que ganhamos e é de graça! ;)

Tarjeta SUBE
tarjeta-sube-lembrancas-da-gabi
Para usar o transporte público de Buenos Aires, é necessário comprar a tarjeta SUBE, que é um cartão que é aceito para pagar passagens de ônibus e metrô. Nós compramos a nossa na estação de metrô mesmo, custou 90 pesos (cerca de 7 reais em outubro de 2019) e compramos só uma para os dois.

Você tem que carregar sua tarjeta com dinheiro e ir usando no metrô e ônibus da cidade, nós carregávamos a nossa sempre nas estações de metrô.

A passagem de metrô/ônibus custa 19 pesos (cerca de 2 reais em outubro de 2019), nós achamos bem barata, principalmente comparando com São Paulo, em que a passagem está custando R$4,30 (socorro!!).

Metrô – Esse foi o meio de transporte que nós mais utilizamos na nossa viagem, porque ele chega em praticamente todos os pontos turísticos. O metrô de Buenos Aires é bem velhinho, mas não temos nada a reclamar dele, nos serviu muito bem durante a nossa estadia, e era fácil de usar, só achar a estação mais perto da onde queríamos ir, e ir olhando nos mapas.

Mapa-Metro-Buenos-Aires-lembrancas-da-gabi-blog

Mapa do metrô de Buenos Aires

Algumas estações você passa a catraca e já está em um sentido, e para ir para o outro sentido tem que sair, atravessar a rua e pegar o lado certo, ou seja, vai ter que pagar outra passagem! Atente-se sempre se está no sentido certo, antes de passar a catraca. 

Ônibus – Nós não usamos ônibus na viagem, mas acredito que deva ser bem tranquilo, só carregar os créditos na tarjeta SUBE e usar.

Uber – Usamos Uber poucas vezes, na ida e volta do aeroporto, para ir ao Caminito e um dia que estava chovendo. Foi super tranquilo de usar, e você pode escolher no aplicativo se quer pagar em dinheiro ao motorista (o que ajuda a não pagar IOF), ou se quer pagar com o cartão de crédito. Nós pagamos com o cartão de crédito as nossas corridas e não tivemos problema nenhum.

O Rafa sempre ía na frente nos Ubers que pegávamos, um dos motoristas nos avisou que o Uber ainda não é legalizado em Buenos Aires, então para evitar problemas com os taxistas eles preferem que os passageiros vão na frente. Alguns motoristas eram bem simpáticos e ficavam nos apontando os lugares da cidade, e nos dando dicas de locomoção e segurança por lá.

Internet

Nós compramos um chip pré pago da Claro no shopping Alto Palermo que ficava perto da nossa hospedagem. Foi bem tranquilo de comprar o chip, só precisamos mostrar o RG e assinar um contrato.

Você pode comprar o chip em qualquer loja da Claro que encontrar, geralmente tem nos shoppings.

O chip custou 240 pesos (aproximadamente R$20 em outubro de 2019) e nos dava direito a 3GB por 15 dias. Nós compramos chip só para um celular e roteavámos para o outro; nos 6 dias nós dois juntos usamos 2,5GB.

A internet da Claro funcionou bem em Buenos Aires, não tivemos nenhum problema para usar.

Quanto tempo ficar?

el-ateneo-lembrancas-da-gabi
Acredito que o ideal seja ficar pelo menos 4 dias para conhecer o essencial da cidade. De 4 a 6 dias já dá para ver mais atrações e fazer tudo com calma. Se ficar mais de 6 dias, pode conhecer atrações fora do radar turístico ou fazer algum bate e volta para cidades próximas como Tigre ou Colonia del Sacramento (que fica no Uruguai, mas que é possível de conhecer saindo de Buenos Aires).

Nós ficamos 6 noites em Buenos Aires, e foi ótimo porque pudemos conhecer as atrações da cidade com calma.

O que fazer em Buenos Aires

Os principais lugares para conhecer na cidade são:

No Centro

  • Praça de Maio
  • Casa Rosada
  • Museu da Casa Rosada
  • Catedral Metropolitana de Buenos Aires
  • Café Tortoni
  • Obelisco 9 de Julho
  • Calle Flórida
  • Galerias Pacífico

Em La Boca

  • Caminito
  • La Bombonera

Em San Telmo

  • Mercado de San Telmo
  • Estátua da Mafalda
  • Feira de San Telmo (acontece aos domingos)

Em Puerto Madero

  • Ponte de Las Mujeres

Na Recoleta

  • Floralis Generica
  • Iglesia Nuestra Señora del Pilar
  • Palais de Glace
  • Livraria El Ateneo Gran Splendid

Em Palermo

  • Rosedal de Palermo
  • Jardim Botânico
  • Jardim Japonês
  • MALBA
  • Museu da Evita

Onde comer em Buenos Aires?

la-dorita-lembrancas-da-gabi
Buenos Aires tem muitas opções de restaurantes, na nossa viagem procuramos escolher aqueles que tem o melhor custo-benefício.

Uma coisa que você pode perguntar nos restaurantes, é se eles tem menu del día, pois essa opção vem com entrada + prato principal + sobremesa e as vezes até bebida, e costuma ser mais em conta.

Vou fazer um post mais detalhado com os restaurantes que fomos, o que pedimos em cada um e os preços, mas segue uma lista por bairro dos que indicamos em Buenos Aires:

Recoleta

Pani –  É um café bistrô que tem várias unidades espalhadas pela cidade, inclusive na Recoleta. O ambiente do restaurante é bem bonito, e as opções no cardápio são ótimas para café da manhã, brunch, almoço ou jantar.
Endereço: Vicente López 2056

Traiano Gelateria e Bar – Nós amamos esse restaurante que ficava na mesma rua do nosso Airbnb. Tomamos café da manhã nele praticamente todos os dias que estivemos em Buenos Aires.
Endereço: Sánchez de Bustamante 2301

Palermo

Las Cabras – Esse foi um dos nossos restaurantes preferidos na viagem. No Las Cabras comemos a melhor parrila da nossa viagem; e o preço era super em conta tanto da carne quanto do vinho. Recomendamos muito quando estiver por Palermo passar lá para conhecer.
Endereço: Fitz Roy 1795

Parrila La Dorita – Serve boas carnes, em um ambiente agradável e a preços bons.
Endereço: Humboldt 1892

San Telmo

Gran Parrila del Plata – Restaurante ótimo em San Telmo, a parrila que pedimos estava muito saborosa e o preço era bom. Os funcionários do restaurante eram bem atenciosos, e nos ofereceram uma taça de espumante cortesia enquanto esperávamos liberar a nossa mesa.
Endereço: Calle Chile, 594 (esq. com C/ Peru)

Puerto Madero

La Parolaccia Trattoria – Esse restaurante italiano no Puerto Madero nos proporcionou a melhor refeição da cidade. Nós fomos numa segunda feira em que eles estavam com um menu del día especial de aniversário, e tivemos direito a drink de boas vindas + entrada + prato principal + sobremesa + uma garrafa de vinho + refrigerantes e café para finalizar. Tudo isso por cerca de R$110 o casal. Valeu muito a pena e nós amamos, pois a comida era ótima, o vinho e o drink também.
Não sei até quando essa promoção que pegamos estará valendo, mas provavelmente eles tem outras, então quando estiver no Puerto Madero, passe em frente ao restaurante e dê uma olhada nas placas que eles colocam na entrada com as promoções.
Endereço: Av. Alicia Moreau de Justo 1052

Centro

Café Tortoni – No centro nós fomos apenas no Café Tortoni, que é um dos cafés mais antigos da América Latina. O café é lindo por dentro, mas por ser uma atração turística tão famosa há filas (esperamos cerca de 30 minutos) e os preços são salgados. Achamos que vale a experiência, pedimos um café com leite, alfajor e uma limonada de gengibre e menta; tudo estava delicioso e custou aproximadamente 30 reais.
Endereço: Av. de Mayo 825

Quanto custa ir para Buenos Aires?

No geral achamos Buenos Aires uma cidade mais acessível do que São Paulo; os restaurantes que almoçamos durante a nossa estadia nós pagamos um valor bem mais em conta que na capital paulista.

Além disso o valor da passagem de ônibus e metrô também é mais em conta: em Buenos Aires custa aproximadamente R$2 enquanto em São Paulo pagamos R$4,30.

E como falei várias vezes, pela cidade ser plana nós fazíamos longas caminhadas que nos economizavam algumas passagens.

Por fim muitas atrações turísticas e museus são gratuitos, então acho que Buenos Aires é uma cidade muito em conta para os brasileiros conhecerem.

O que comprar?

Nós não fomos focados em fazer compras, e não achamos a cidade muito barata. A única coisa que compramos por lá foram os alfajores da Cachafaz, que são considerados junto com o da Havana, um dos melhores da cidade.

A rua Calle Florida e o Shopping Galerias Pacífico no centro são ótimas opções para compras em Buenos Aires.

O que comer?

  • Parrilas – Nossos cortes preferidos foram: Ojo de bife e bife Ancho. Nós não gostamos do Assado, é uma das carnes mais baratas nos restaurantes mas achamos muito gordurosa.
  • Alfajor – As melhores marcas são Havana, Cachafaz e Abuela Goya; há também alfajores da Milka; as marcas Negro e o Blanco; e o Jorgito que é bem baratinho.
  • Dulce de Leche – O doce de leite argentino é ótimo, e a maioria dos restaurantes oferecem sobremesas feitas com doce de leite.
  • Helados – os sorvetes argentinos também são ótimos, há várias sorveterias espalhadas pela cidade.

NÃO ESQUEÇA DE LER OS OUTROS POSTS QUE FIZEMOS SOBRE A CAPITAL ARGENTINA:

Roteiro de 1 a 6 dias em Buenos Aires

Dica de hospedagem em Buenos Aires: alugando apartamento na Recoleta

QUE TAL SEGUIR O BLOG NAS REDES SOCIAIS? ♥

No Instagram você pode acompanhar nossas viagens em tempo real, nosso dia a dia e receber muitas dicas.

No Facebook sempre estamos compartilhando posts novos e antigos, e você não vai perder nenhuma novidade por lá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s