Museu do Louvre: tudo que você precisa saber para visitar o maior museu do mundo

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog

O Museu do Louvre é o maior e mais visitado museu do mundo. A obra mais famosa do museu é a Monalisa de Leonardo Da Vinci; mas há muito mais para se ver no Louvre além dela.

Para aproveitar o máximo da sua visita ao Museu do Louvre, é necessário planejá-la bem; e pode ficar tranquilo que vamos te ajudar com isso!

Nesse post você vai encontrar:

História do Museu do Louvre

O museu está localizado no Palácio do Louvre, isso mesmo, antes de ser um museu o Louvre era um castelo. Ele foi construído nos séculos XII e XIII, durante o reinado de Filipe II. Ainda hoje, é possível visitar a base da fortaleza do Castelo do Louvre no porão do museu (Ala Sully).

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog2

Em 1546, o Palácio do Louvre foi transformado em residência principal dos reis franceses; e eles moraram por lá até 1682, quando o Rei Luís XIV escolheu o Palácio de Versalhes como nova morada.

O Louvre então foi se tornando um local para exibir a coleção de obras pertencentes a realeza, e em 10 de agosto de 1793, ele foi inaugurado como um museu.

Hoje o Louvre possui mais de 38 mil objetos em seu acervo; que datam da pré história ao século XXI. A coleção do museu é dividida em oito departamentos: antiguidades egípcias; antiguidades do Oriente próximo; antiguidades gregas, etruscas e romanas; arte islâmica; esculturas; artes decorativas; pinturas; impressões e desenhos.

Como comprar e quanto custam os ingressos

O ingresso principal para o museu do Louvre custa €17 e pode ser comprados na bilheteria ou online.

Dica: Nossa sugestão é que você compre seu ingresso sempre online, pois você consegue comprar com hora marcada, e economizar tempo na fila. Quando você deixa para comprar seu ingresso na bilheteria, você acaba pegando duas filas: uma para comprar ingresso e outra para entrar no museu.

Comprando online

No site oficial do Louvre, você vai encontrar várias opções de ingressos para comprar. O mais comum para os turistas é o ingresso individual, que dá acesso a coleção permanente do museu. 

Quando você comprar o ticket pelo site do museu, após o pagamento ser aprovado, você receberá a opção de fazer download dos ingressos. Caso, não queira imprimir, faça o download da opção mobile, e envie o PDF para o seu celular.

Visita gratuita

No primeiro sábado de cada mês das 18h as 21h45, e no dia 14 de Julho, a entrada no Museu do Louvre é gratuita para todos. Provavelmente, esses dias o museu deve ficar lotado, então considere se vale a pena para você.

Horário e dias de funcionamento

  • O museu do Louvre abre todos os dias, exceto as terças.
  • Ele funciona das 09h as 18h (horário reduzido devido a pandemia).
  • A última entrada é permitida até 1 hora antes do horário de encerramento do museu.
  • Os visitantes terão que liberar as salas, 30 minutos antes do horário de encerramento do museu.

Dicas

  • Se puder, chegue sempre no primeiro horário, pois quanto mais cedo for menos pessoas estarão no museu.
  • Evite ir aos fins de semana e feriados, caso queira pegar o museu mais vazio. Além disso, preste atenção que o primeiro sábado do mês, a entrada no Louvre é gratuita; e provavelmente nesse dia ele estará mais lotado.

Quais obras visitar

É muito importante já ter em mente quais obras você vai querer ver no Museu do Louvre, pois isso ajudará a aproveitar mais a sua visita. 

A escolha das obras varia de pessoa para pessoa, mas deixo aqui a nossa sugestão; das obras que mais gostamos de apreciar na nossa visita:

Ala Denon 

  • Quadro Monalisa, de Leonardo Da Vinci (ala Denon, sala 711, primeiro andar)

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog3

É claro, que o quadro mais famoso do museu seria também o primeiro da nossa lista. A Monalisa é a obra mais notável e conhecida de Leonardo Da Vinci que foi um dos maiores mestres do Renascimento. 
O quadro foi pintado em 1503, e retrata uma mulher com uma expressão introspectiva. Ninguém sabe ao certo quem era essa mulher, há várias teorias sobre isso. 
A Monalisa foi trazida para a França em 1506, pelo próprio Leonardo Da Vinci, quando ele recebeu um convite para trabalhar na corte do Rei Francisco I. O próprio rei comprou o quadro para si. 
Em 1911, a Monalisa foi roubada e acreditou-se que ela estaria perdida para sempre; mas felizmente o quadro foi reencontrado, ele havia sido roubado por um funcionário do museu. 
A Monalisa já foi danificada duas vezes, quando visitantes jogaram ácido e uma pedra nela. Hoje, ela possui uma proteção de vidro, a prova de balas, para preservar essa que é provavelmente a obra mais valiosa e famosa do mundo.

  • Quadro As Bodas de Caná, de Paolo Veronese (ala Denon, sala 711, primeiro andar)

Em frente a Monalisa, se encontra o maior quadro do museu do Louvre. É praticamente, o oposto da obra de Da Vinci que é tão pequena. 
O quadro as Bodas de Caná, retrata o primeiro milagre de Jesus, quando ele transforma as águas em vinho em um casamento. 
O quadro é enorme, e o seu pintor, que era italiano, inseriu Jesus, os discípulos e Maria, na Veneza do seu tempo; os convidados e os noivos estão em um típico casamento da nobreza de Veneza. Isso causou, muita polêmica na época, visto que ele misturou o sagrado com o profano.

  • Quadro A Liberdade guiando o povo, de Eugène Delacroix (ala Denon, sala 700, primeiro andar)

Este quadro foi pintado para comemorar à Revolução de Julho de 1830, com a queda de Carlos X. Uma mulher, representando a Liberdade, guia o povo, em suas mãos está a bandeira da França. A pintura inspirou a Estátua da Liberdade, em Nova York, que foi um presente da França para os Estados Unidos. 

Ala Sully

  • Fortaleza do Louvre (ala Sully, mezanino)

Nessa área é possível observar as fundações originais do museu, que foi construído como um forte medieval; e depois se tornou um castelo.

  • Grande Esfinge de Tânis (ala Sully, sala 388)

A Esfinge é um monstro com cabeça de rei e corpo de leão. Ela provavelmente foi construída em 2600 a.C; e impressiona pela grandiosidade. 

Ala Richelieu

  • Apartamentos de Napoleão III (ala Richelieu, sala 544, segundo andar)

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog4

Uma das minhas partes favoritas do museu. Essa parte do museu reproduz toda a riqueza, ostentação e beleza da casa do imperador francês. É incrível, e você se sente transportado para dentro de um filme de época.

  • Código de Hamurabi (ala Richelieu, sala 227, térreo)

Essa foi uma das obras que mais me impressionou, por ser tão antiga e por eu ter estudado nas aulas de História. É incrível se deparar face a face com algo que você via nos livros. 
O Código de Hamurabi é um conjunto de leis, criado na Mesopotâmia, por volta do século XVIII a.C, pelo rei Hamurabi. O código é baseado na lei de talião, “olho por olho, dentre por dente”. As leis foram talhadas numa rocha de diorito de cor escura.

É claro que essas obras que mencionei aqui, não são nem 1% das coisas grandiosas que você terá a oportunidade de visitar no Museu do Louvre. Como eu disse, essas são as nossas favoritas, dentre as mais de 38 mil obras do museu. 

Quanto tempo dura a visita ao Museu do Louvre

Para conhecer o museu de “cabo a rabo”, você precisaria de no mínimo 5 dias. Eu sei, que a maioria de nós, não tem esse tempo, nem o pique de passar 5 dias no museu; por isso é importante planejar bem a sua visita e o que você quer ver por lá. 

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog5

Em média os visitantes ficam entre 1h30 e 4h, visitando o museu. Isso varia da lotação dele no dia, do ritmo da pessoa, e da quantidade de obras e alas que ela quer conhecer. 

Nós visitamos as 3 alas do museu, mas não passamos por todos os andares delas; levamos 2h18 e andamos mais de 4km (sim, isso só dentro do museu). 

Como fomos no museu, no primeiro fim de semana pós re-abertura (estava fechado devido a pandemia), ele estava bem mais vazio do que de costume; e isso ajuda com que a visita seja mais rápida.  

Dicas essenciais 

  • Compre seu ingresso pela internet; assim você evita filas na bilheteria; e já entra no museu com horário marcado. 
  • Chegue cedo; quanto mais cedo você chegar menos lotado o museu vai estar.
  • Use sapatos confortáveis, porque você vai andar bastante. 
  • Pesquise as obras que você quer conhecer; veja em que alas e salas do museu elas ficam. 
  • Aproveite o passeio e se divirta! :)

Museu do Louvre

Endereço:Rue de Rivoli, 75001 – Paris
 
Estações de metrô mais próximas: Palais-Royal Musée du Louvre | Louvre-Rivoli
 
Quanto custa os ingressos? €17

 

Visita gratuita: Todo primeiro sábado do mês 

 
Horários: Abre todos os dias, exceto as terças. Funciona das 09h as 18h.
 
 

 

Vlog 

Confira nosso vídeo sobre o Museu do Louvre :)

QUE TAL SEGUIR O BLOG NAS REDES SOCIAIS? ♥

No Instagram você pode acompanhar nossas viagens em tempo real, nosso dia a dia e receber muitas dicas.

No Facebook sempre estamos compartilhando posts novos e antigos, e você não vai perder nenhuma novidade por lá!

No Youtube trazemos vlogs das nossas viagens e outros momentos especiais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s