Guia de Paris: o que fazer, transporte, hospedagem e dicas

rue-buenos-aires-lembrancas-da-gabi

Quem me acompanha no Instagram (@lembrancasdagabi) sabe que eu e o Rafa nos mudamos para Paris em janeiro de 2021, e desde então estamos curtindo muito a cidade.

Cheguei em Paris no meio da segunda onda da pandemia na França, e logo que as coisas começaram a reabrir o meu objetivo principal era conhecer as atrações essenciais da cidade. Afinal, eu nunca tinha viajado para cá, antes de me mudar.

Nesse guia eu reuno as melhores dicas para você aproveitar ao máximo a cidade mais bonita do mundo! ♥

NESSE GUIA VOCÊ VAI LER SOBRE:

SOBRE PARIS, FRANÇA

mudamos-para-paris-lembrancas-da-gabi-blog

Paris dispensa apresentações. A capital da França é conhecida no mundo inteiro por ser uma cidade romântica, feita para andar, com opções gastronômicas maravilhosas e repleta de arte e cultura. E posso afirmar, que ela é tudo isso.

Paris é uma cidade antiga, e sua arquitetura reflete isso. Além disso a cidade é cercada de palácios, jardins e parques que a deixam ainda mais linda.

A maior parte da cidade é plana, o que é ótimo para fazer longas caminhadas entre um ponto turístico e outro. Mas o transporte público de Paris também é excelente, possuindo uma malha ferroviária que cobre praticamente a cidade inteira e te leva facilmente a outras cidades e países.

Os restaurantes de Paris são maravilhosos e tem opções para todos os gostos e bolsos. Além disso, a cidade tem uma cultura de “terraços”, então você vai ver muitas mesinhas charmosas nas calçadas, que são um convite a se sentar, pedir algo para beber e ver a vida passar.

Por fim, Paris respira arte e cultura. Foi aqui que pintores como Monet, Renoir e Van Gogh moraram. E é aqui que estão alguns dos melhores museus do mundo como o Museu do Louvre e o Museu D’Orsay.

Visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar na União Européia, onde podem permanecer como turistas por até 90 dias. 

Porém é preciso se atentar em algumas coisas:

  • É necessário ter um passaporte válido; ou seja, você precisa de um passaporte com validade de, no mínimo 6 meses após a data de saída da União Européia.
  • O seguro saúde é obrigatório para turistas brasileiros ingressarem em países da União Européia. É exigido uma cobertura mínima de 30 mil euros.
  • Você precisa comprovar que você possui recursos suficientes para o tempo em que vai ficar no país. Você pode comprovar com dinheiro em espécie, cartão de crédito internacional, travel money, extrato da sua conta bancária, etc. Cada país tem suas regras, mas na França o governo recomenda que você tenha como comprovar os seguintes valores (por pessoa):
    • €65 por dia de estadia caso você tenha reservas de hotel/Airbnb;
    • €120 por dia de estadia caso você não tenha reservas de hotel/Airbnb;
    • €32,50 por dia de estadia caso você vá se hospedar na casa de um amigo ou familiar.
  • A passagem de volta é muito importante também, para ser aceito na imigração. Pois, pessoas que viajam somente com passagem de ida, são vistas como potenciais imigrantes ilegais.
  • Comprovante de hospedagem, também é um item importante de se apresentar, caso seja pedido. Pode ser as reservas do hotel ou do Airbnb; ou uma carta-convite se for ficar hospedado na casa de um amigo/familiar.

COMO IR DO AEROPORTO Charles de Gaulle PARA Paris

ponte-alexandre-III-lembrancas-da-gabi-blog

O Aeroporto Charles de Gaulle é um dos principais aeroportos da França, e é nele que chegam a maioria dos vôos diretos que saem do Brasil com destino a Paris.

Para ir do aeroporto até a sua hospedagem em Paris, há algumas opções:

Táxi

Essa é a opção mais confortável de ir ou sair do aeroporto; o preço dos táxis é tabelado, ou seja você pode perguntar antes para o motorista quanto vai ficar sua viagem.

A título de curiosidade, nós gastamos €58 do Aeroporto CDG para Montmartre em janeiro de 2021.

Quando estiver no Aeroporto, siga as placas e as indicações no chão, para ir até o ponto de táxi oficial. Acontece muito de pessoas abordarem os turistas dentro do aeroporto, no caminho que leva para o táxi, se passando por taxistas. Eles não são taxistas oficiais, e não é seguro ir com eles, porque podem cobrar preços abusivos. Apenas ignore pessoas que te abordarem e siga as placas e indicações do aeroporto; os táxis oficiais de Paris tem um objeto luminoso no teto e também um taxímetro.

RER B

Se você quiser ir de transporte público, uma das opções é pegar o RER B, que tem duas paradas no Aeroporto CDG, e está interligado com várias linhas de metrô e RER da cidade.

As estações do aeroporto são:

  • Aeroport Ch. de Gaulle 1 – para pessoas que querem ir ao terminal 1 e 3
  • Aeroport Ch. de Gaulle 2 TGV – para pessoas que querem ir ao terminal 2

Lembrando que usar transporte público é ideal apenas para pessoas que estejam com poucas malas, e de preferência mala de mão. Os metrôs de Paris são apertados, e a maioria das estações não tem elevador ou escada rolante.

Ônibus

Há também algumas opções de ônibus que saem do aeroporto CDG em direção a cidade de Paris.

Eu sugiro que você consulte no Google Maps a opção que melhor se encaixa para o endereço onde você vai ficar.

COMO IR DO AEROPORTO Orly PARA Paris

O Aeroporto de Orly é o aeroporto mais próximo de Paris, dele costumam sair vôos nacionais ou para países da União Européia.

Para ir do aeroporto até a sua hospedagem em Paris, há algumas opções:

Táxi

Essa é a opção mais confortável de ir ou sair do aeroporto; o preço dos táxis é tabelado, ou seja você pode perguntar antes para o motorista quanto vai ficar sua viagem.

A título de curiosidade, nós gastamos €38 do 12eme arrondissement para o Aeroporto de Orly em julho de 2021.

Quando estiver no Aeroporto, siga as placas e as indicações no chão, para ir até o ponto de táxi oficial. Acontece muito de pessoas abordarem os turistas dentro do aeroporto, no caminho que leva para o táxi, se passando por taxistas. Eles não são taxistas oficiais, e não é seguro ir com eles, porque podem cobrar preços abusivos. Apenas ignore pessoas que te abordarem e siga as placas e indicações do aeroporto; os táxis oficiais de Paris tem um objeto luminoso no teto e também um taxímetro.

RER B

Se você quiser ir de transporte público, uma das opções é pegar o RER B, nós já usamos esse meio de transporte e achamos bem tranquilo.

Você vai descer na estação Antony – Orly, e dela vai pegar o Orlyval, um trem que te levará direto ao aeroporto.

Lembrando que usar transporte público é ideal apenas para pessoas que estejam com poucas malas, e de preferência mala de mão. Os metrôs de Paris são apertados, e a maioria das estações não tem elevador ou escada rolante.

Ônibus

Há também algumas opções de ônibus que saem do aeroporto de Orly em direção a cidade de Paris.

Eu sugiro que você consulte no Google Maps a opção que melhor se encaixa para o endereço onde você vai ficar.

Moeda

A moeda da França é o euro, a cotação turismo de julho de 2021 está aproximadamente 1 euro = 6,48 reais.

Idioma

praça-da-concordia-lembrancas-da-gabi-blog

Na França o idioma é o francês. Em cidades como Paris, que recebem milhões de turistas todos os anos, é possível se virar sem falar francês; e se você falar inglês isso ajuda também.

Mas, é bom lembrar que nem todos os franceses falam inglês, então é de bom tom, perguntar primeiro se a pessoa fala inglês, antes de sair falando com ela. Você pode perguntar assim: “Vous parlez anglais?”

Algumas outras frases que podem te ajudar no dia a dia são:

  • Bonjour → Bom dia ou boa tarde (é usado o dia todo)
  • Bonsoir → Boa noite
  • Excuse-moi → Com licença
  • Vous parlez anglais? → Você fala inglês?
  • S’il vous plaît → Por favor
  • Je voudrais … → Eu gostaria … (Exemplo: Je voudrais un croissant, s’il vous plaît → Eu gostaria de um croissant, por favor)
  • Une table pour deux personnes, s’il vous plaît → Uma mesa para duas pessoas, por favor
  • L’addiction, s’il vous plaît → A conta, por favor
  • Merci → Obrigado(a)

Cultura francesa

Algumas dicas para te ajudar a se adaptar à cultura francesa são:

  • Sempre que chegar a algum lugar cumprimente a pessoa com “Bonjour”. É considerado falta de educação chegar falando com a pessoa, sem cumprimentá-la primeiro.
  • É de bom tom perguntar primeiro se a pessoa fala inglês, antes de sair falando com ela. Você pode perguntar assim: “Vous parlez anglais?”
  • Quando chegar a um restaurante, não sente direto em alguma mesa. Espere na porta do restaurante que o garçom virá atendê-lo e te colocará na mesa.
  • Na França, as pessoas fumam muito, então quando você for a um restaurante saiba que na parte de fora (terraço, calçada) é permitido fumar. Se isso te incomoda, peça para ficar na parte interior do restaurante; onde é proibido fumar.

Onde se hospedar

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog

Os melhores bairros para se hospedar em Paris, são o Marais e Montmartre. São bairros turísticos, repletos de restaurantes e atividades para fazer.

Porém, você pode se hospedar em outros bairros da cidade, apenas preste atenção se sua hospedagem fica perto do metrô, pois isso vai ser muito importante para você aproveitar a cidade.

Paris é uma cidade relativamente pequena e o serviço de metrô parisiense é muito bom, então estar hospedado perto de uma estação de metrô é essencial. De qualquer ponto da cidade, você deve levar entre 20 a 30 minutos para chegar nas atrações turísticas.

Recomendo procurar hospedagens nos sites Booking ou Airbnb, leia sempre as avaliações de outros hóspedes para escolher a melhor opção para você.

Evite o bairro de Barbès para se hospedar, não é uma região recomendada para turistas.

Como se locomover em Paris

A pé

Como eu disse no começo desse post, Paris Aires é uma cidade plana, e que nos convida a longas caminhadas. Por isso, a dica é: sapatos confortáveis e vai embora! A pé conhecemos melhor a cidade, vemos as pessoas na rua, gastamos calorias e economizamos! ;)

Transporte público

O transporte público de Paris é muito eficiente e cobre a cidade inteira e as cidades vizinhas, você vai conseguir fazer tudo usando ele.

O Google Maps funciona muito bem em Paris, por isso recomendo de sempre olhar nele qual a melhor rota para ir do ponto A ao ponto B na cidade.

Como comprar passagem

Para comprar sua passagem, é só ir até uma estação de metrô, lá tem máquinas onde você pode comprar usando notas, moedas ou cartão.

transporte-Paris-lembrancas-da-gabi-blog

O sistema de comprar passagem é bem simples; e tem a opção de selecionar a língua em inglês, francês, espanhol, alemão e italiano.

Passagem dentro de Paris

A passagem para se locomover dentro da cidade de Paris (Ticket t+) custa €1,9 – você tem a opção de comprar um pacote com 10 passagens por €16,90.

Passagem cidades próximas

A passagem para cidades próximas a Paris, varia o preço dependendo da cidade que você vai. Para comprar, você clica na opção “Tickets for Paris region”, e escreve o nome da estação que você deseja ir. No exemplo da foto abaixo, eu estava escrevendo “Versailles”. A estação onde fica o Palácio de Versalhes é “Versailles-Rive-Gauche-Château”.

paris-transporte-lembrancas-da-gabi-blog-2

Passagem para Disney ou aeroporto

Para comprar a passagem para Disney ou para os aeroportos de Orly ou Charles de Gaulle é mais fácil ainda; pois as opções já estão no menu principal.

transporte-Paris-lembrancas-da-gabi-blog-2

Paris Visit 

Você também pode comprar o Paris Visit, que é um cartão que te permite usar todos os meios de transporte de Paris de forma ilimitada pelo tempo que você escolher (está disponível para 1, 2, 3 e 5 dias).

O cartão começa a valer a partir da primeira vez que você usar, aí ele vai começar a contar os dias completos. Na parte de trás do cartão você deve escrever seus dados pessoais, isso é muito importante, pois se um fiscal te parar e não tiver nada escrito você pode ser multado.

Você terá que escolher as zonas que quer comprar:

  • Zonas 1-3: Cidade de Paris
  • Zonas 1-5: Cidades ao redor, como Versalhes ou a Disney. Também é essa opção que você escolhe se quiser ir ao aeroporto.

Preços do Paris Visite

Captura de Tela 2021-08-13 às 2.37.27 PM

O preço do Paris Visite é bem caro, então vale a pena fazer as contas se vai valer a pena para você. Na maioria das vezes vale mais a pena comprar a passagem individual.

Metrô

O metrô de Paris é imenso, e muito antigo: a primeira estação da cidade foi inaugurada em 1900. Se locomover no metrô é tranquilo, basta seguir as orientações do Google Maps, e as placas nas estações.

Na maioria das estações, tem um quadro informando quantos minutos irá levar para os próximos trens passarem, o que é ótimo para saber quanto tempo vamos ficar esperando.

Para entrar no metrô, você vai passar seu ticket na catraca; a máquina sempre devolve seu ticket e é importante você guardá-lo até sair da estaçãoPorque podem ter fiscais nas estações se certificando que todo mundo pagou passagem (aqui bastante gente pula as catracas); se você estiver sem seu ticket corre o risco de pagar multa.

RER

O RER é um trem, que liga Paris à outras cidades próximas.

Há 5 linhas de RER na cidade (A, B, C, D, E), você pode usar o RER para ir ao Palácio de Versalhes, ao aeroporto de Orly, ou a Disney de Paris, por exemplo.

Os trens RER operam em horários regulares, ou seja, é sempre bom consultar o horário que seu trem vai passar, para não correr o risco de perdê-lo e ter de ficar muito tempo esperando. Para checar o horário do RER A e B, clique aqui. Para verificar do RER C, D e E – clique aqui.

É importante você guardar seu ticket até sair da estaçãoPorque podem ter fiscais nas estações se certificando que todo mundo pagou passagem (aqui bastante gente pula as catracas); se você estiver sem seu ticket corre o risco de pagar multa.

Atenção: a passagem de RER para ir para cidades fora de Paris (como Versalhes, Disney ou os aeroportos), não é a mesma que compramos para usar dentro de Paris.

Para comprar a passagem do RER, você clica na opção “Tickets for Paris region”, e escreve o nome da estação que você deseja ir. No exemplo da foto abaixo, eu estava escrevendo “Versailles”. A estação onde fica o Palácio de Versalhes é “Versailles-Rive-Gauche-Château”.

Ônibus / Tram 

As outras duas opções de transporte público em Paris são o ônibus e o Tram (veículo leve sobre trilhos).

Ao entrar em qualquer um dos dois, você deve validar seu ticket, e guardá-lo até desembarcar; pois podem entrar fiscais no ônibus para averiguar se todos pagaram passagem. Afinal, os ônibus e tram daqui não possuem cobrador.

Nos pontos de ônibus/tram a placas, avisando quanto tempo vai levar para o ônibus/tram passar.

Internet

Para não ficar sem internet na viagem você pode comprar um chip da Orange ou da SFR, duas empresas de telefonia daqui. Há várias lojas dessas duas empresas espalhadas por Paris.

Orange

A Orange oferece um chip de internet válido por 14 dias. Com esse chip você vai ter 20GB de internet (que você pode usar em toda a Europa, não só na França). Além disso, você terá também 120 minutos de ligações e 100 SMS para qualquer lugar do mundo. O chip custa em torno de €40.

SFR

A SFR oferece um chip de internet válido por 14 dias. Com esse chip você vai ter 10GB de internet (que você pode usar em toda a Europa, não só na França). Além disso, você terá também ligações e SMS ilimitados para toda a Europa. O chip custa em torno de €40.

Quanto tempo ficar

museu-dorsay-lembrancas-da-gabi-blog5

Paris é uma cidade cheia de pontos turísticos, museus, bons restaurantes; ou seja há muita coisa incrível para se ver e fazer na cidade.

Por isso, o recomendado é que você fique de 4 a 6 dias inteiros na capital francesa, para que consiga conhecer as principais atrações da cidade.

Lembrando, que se você está vindo do Brasil, não conte o dia da chegada e o dia da partida no seu roteiro. Pois na chegada você poderá estar muito cansado do vôo para aproveitar a cidade; e na saída você vai querer ficar mais tranquilo e sair com antecedência para ir ao aeroporto.

Melhor época para visitar Paris

Paris pode ser visitada o ano todo, a cidade é charmosa e oferece atrativos em qualquer estação.

As melhores épocas são de abril a junho (primavera) e de setembro a outubro (outono). Nessas estações as temperaturas são mais amenas e os preços de hospedagem costumam ser mais baratos, pois não são meses de alta temporada.

A alta temporada em Paris são os meses de julho, dezembro e janeiro.

Não é recomendado visitar em Paris em agosto, pois é o mês que os parisienses saem de férias. Por isso, muitos restaurantes e padarias fecham. Mas se você for vir a cidade nessa época não se desespere: as atrações turísticas continuam funcionando normalmente, e você vai encontrar opções boas de restaurantes abertos.

O que fazer em Paris

museu-do-louvre-lembrancas-da-gabi-blog3

As principais atrações para conhecer na cidade são:

  • Torre Eiffel
  • Trocadero
  • Arco do Triunfo
  • Champs-Elysée
  • Ponte Alexandre III
  • Catedral de Notre Dame
  • Saint Chapelle
  • Jardins de Luxemburgo
  • Panteão
  • Museu do Louvre
  • Jardim das Tulherias
  • Bairro do Marais
  • Ópera Garnier
  • Galerias Lafayette
  • Sacre-Coeur
  • Muro do Eu Te Amo
  • Palácio de Versalhes e seus Jardins
  • Museu D’Orsay

Quanto custa viajar para Paris

Passeios

Vou listar aqui os principais passeios que os turistas podem fazer em Paris e quanto eles custam:

Atrações pagas

  • Torre Eiffel -> Variam de €10,5 a €26,10 dependendo de quantos andares você quer conhecer, e se quer ir de elevador ou escadas.
  • Arco do Triunfo -> €13
  • Saint Chapelle -> €11,5
  • Panteão -> €11,5
  • Museu do Louvre -> €17 
  • Ópera Garnier -> €10
  • Palácio de Versalhes e seus Jardins -> A partir de €18
  • Museu D’Orsay -> €16

Atrações gratuitas

  • Trocadero 
  • Champs-Elysée
  • Ponte Alexandre III
  • Catedral de Notre Dame – Está fechada por enquanto
  • Jardins de Luxemburgo
  • Jardim das Tulherias
  • Bairro do Marais
  • Galerias Lafayette
  • Sacre-Coeur
  • Muro do Eu Te Amo

Alimentação

Paris não é uma cidade muito barata no quesito restaurantes, mas sempre é possível encontrar opções que caibam no seu orçamento.

Em média os preços dos restaurantes são:

  • Entradas entre €8 a €10
  • Prato principal entre €12 a €18
  • Sobremesa entre €8 a €10

Dica para economizar: No almoço fique atento a “Formule”, uma combinação de entrada + prato principal; ou prato principal + sobremesa que custa entre €15 a €20.

Não é obrigatório pagar o serviço, ele não vem sugerido na conta também.

Transporte

A passagem em Paris custa €1,9 – você tem a opção de comprar um pacote com 10 passagens por €16,90.

Hospedagem

Isso varia muito do seu estilo, do tipo de hospedagem e da época que vai para a cidade. Dê uma olhada no Booking ou no Airbnb para ter uma ideia de custo.

Golpes comuns

Como toda cidade grande, em Paris é comum turistas serem alvos de golpes. A cidade não é perigosa, e você pode ficar tranquilo ao andar por aqui. Mas fique atento aos golpes mais comuns de serem aplicados em Paris:

Furtos (pickpocket)

Cuidado com bolsas, mochilas e carteiras. Procure sempre andar com suas mochilas e bolsas na frente do corpo. Jamais deixe o celular no bolso de trás da calça. As pessoas que praticam furtos são, infelizmente, muito ágeis e andam em grupos; ou seja, demora muito tempo para a vítima perceber que foi furtada.

Se for andar com dinheiro em espécie ou passaporte, dê preferência a usar doleiras, assim você estará mais protegido.

Nesse vídeo aqui (em inglês), podemos ver como esses criminosos agem rápido e de uma maneira discreta. 

Táxis falsos no aeroporto

Quando estiver nos aeroportos de Paris, siga as placas e as indicações no chão, para ir até o ponto de táxi oficial. Acontece muito de pessoas abordarem os turistas dentro do aeroporto, no caminho que leva para o táxi, se passando por taxistas. Eles não são taxistas oficiais, e não é seguro ir com eles, porque podem cobrar preços abusivos. Apenas ignore pessoas que te abordarem e siga as placas e indicações do aeroporto; os táxis oficiais de Paris tem um objeto luminoso no teto e também um taxímetro.

Pulseirinha de graça

Esse golpe é muito comum em Montmartre, alguns homens te abordam te mostrando uma pulseirinha, e dizendo que ela foi feita pelas mulheres da tribo dele na África e que trazem sorte para quem usar.

Ele vai te contando a história, e amarrando a pulseirinha no seu braço com um nó cego. Dessa forma, ele começa a te pedir para pagar, e você não tem como tirar a pulseira sem estragá-la. Alguns outros “amigos” vem junto fazer pressão para que você pague a pulseira. Primeiro eles insistem em um valor, mas se você disser que não tem, eles vão abaixando esse valor.

Para não cair nesse tipo de golpe não deixe ninguém pegar no seu braço, e evite conversa com esses caras quando eles vierem te abordar. Diga “Non, merci” ou “No” de uma forma bem séria e siga em frente.

Tem um golpe muito parecido com esse, que ele te “dá” uma rosa, e logo depois quer cobrar.

Abaixo assinado

Pessoas te abordam na rua, se passando por voluntários de uma ONG, e pedindo para você assinar um abaixo assinado, para que eles possam pressionar o governo a ajudar alguma organização.

Você provavelmente irá assinar para ajudar a organização, e logo depois, elas irão vir com uma prancheta te mostrando valores para fazer a sua doação. Esses valores são altos, e eles costumam pedir de 5 a 20 euros. Se você não quiser doar, eles vão começar a gritar com você e fazer barraco para te pressionar a “doar”.

Ou seja, para evitar dor de cabeça, evite qualquer pessoa que te peça para assinar alguma coisa.

O que comer em Paris?

Algumas delícias que recomendamos que vocês comam aqui são:

Padaria

  • Croissant
  • Baguette
  • Sandwich
  • Pain au chocolat

Doces

  • Creme brûlée
  • Macarons
  • Pain perdu
  • Crepe doce

Pratos

  • Croque Monsieur
  • Entrecôte
  • Oeuf Mayonnaise

Leia nossos outros guias

Guia de São Paulo

Guia de Foz do Iguaçu

Guia de Montevidéu

Guia de Buenos Aires

QUE TAL SEGUIR O BLOG NAS REDES SOCIAIS? ♥

No Instagram você pode acompanhar nossas viagens em tempo real, nosso dia a dia e receber muitas dicas.

No Facebook sempre estamos compartilhando posts novos e antigos, e você não vai perder nenhuma novidade por lá!

No Youtube trazemos vlogs das nossas viagens e outros momentos especiais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s