Roteiro de 3 dias em Roma com preços

piazza-di-spagna-lembrancas-da-gabi-blog-2

Quem me acompanha no Instagram (@lembrancasdagabi) sabe que eu e o Rafa estivemos em Roma em julho, e passamos alguns dias explorando a cidade.

Nesse post quero compartilhar o nosso roteiro, que foi feito a maior parte a pé e sem muita correria. Roma é uma cidade que merece ser vista com calma.

Se você quiser mais dicas de Roma, onde se hospedar, como se locomover e qual a melhor época de visitar a cidade: confira nosso guia de Roma!

Dia 1 – Coliseu, Foro Romano e Trastevere

Comece seu primeiro dia em Roma, conhecendo o maior símbolo da cidade: o Coliseu.

Coliseu

coliseu-roma-lembrancas-da-gabi-blog

O Coliseu é uma das 7 maravilhas do mundo moderno, e parada obrigatória para todos que visitam Roma.

Ele foi construído em 72 d.C, a pedido do Imperador Vespasiano e inaugurado em 80 d.C. É incrível poder visitar um lugar que possui quase 2 mil anos de história.

Dica: Nós compramos nosso ingresso pela internet, e marcamos nosso passeio para um dos primeiros horários. Com o ingresso já comprado, não precisamos enfrentar as longas filas da bilheteria. E chegando no Coliseu logo pela manhã, pegamos ele mais vazio também.

Na parte interna do Coliseu podemos observar como eram as arenas onde lutavam os gladiadores, há vários objetos e maquetes que contam a história desse que é o maior anfiteatro de Roma.

Eu achei o Coliseu lindo pelo seu valor histórico e arquitetônico, afinal o anfiteatro tem quase dois mil anos, e ainda está de pé. Foi um privilégio enorme ter tido a oportunidade de visitá-lo. Mas ao mesmo tempo o Coliseu me deixou um pouco triste, afinal, durante quatro séculos milhares de gladiadores, escravos e cristãos morreram ali. Fiquei refletindo em como a violência pode ser usada como entretenimento e como forma de manipular a sociedade.

A entrada no Coliseu vai das 08h30 as 17h, e o ingresso dá direito a visitar o Foro Romano, que fica em frente.

Uma dica para quem gosta de tirar fotos, é aproveitar a mureta da estação do metrô que fica em frente ao Coliseu. Nela você vai poder tirar fotos com um ângulo bem bonito, e sem dezenas de pessoas atrás.

Endereço: Piazza del Colosseo, 1, 00184 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Colosseo
Quanto custa? O ingresso custa €18 e dá direito a entrada ao Foro Romano também.

Arco di Constantino

Em frente ao Coliseu, fica o Arco di Constantino, que é um dos arcos mais importantes da cidade. Ele foi construído em 315 d.c, para comemorar as vitórias de Constantino.

Endereço: Via di San Gregorio, 00186 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Colosseo
Quanto custa? Grátis

Foro Romano

foro-romano-lembrancas-da-gabi

O ingresso ao Coliseu dá direito a conhecer também o Foro Romano, que fica logo em frente.

Segundo a lenda a cidade de Roma foi fundada pelos irmãos gêmeos Rômulo e Remo, 700 anos antes do nascimento de Cristo. Foi no Monte Palatino que as fundações da cidade, que se tornaria um dos maiores impérios do mundo, foram estabelecidas.

Nesse local é que fica o Foro Romano, que foi o centro da vida no Império. O lugar é bem grande e conservado, e nele você poderá ver templos, mercados e monumentos antigos.

Quando o Império Romano caiu, no século 5, o Foro Romano foi reduzido a uma simples pastagem. Só no século 18 começaram as escavações, e hoje podemos visitar esse local tão rico em história.

Eu amei ver a cidade de Roma do alto do Foro Romano, foi minha experiência preferida na cidade, era quase como se eu pudesse voltar no tempo e ver as pessoas que passaram por ali. Um lugar mágico!

Endereço: Via della Salara Vecchia, 5/6, 00186 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Colosseo
Quanto custa? Com o ingresso do Coliseu você pode entrar também no Foro Romano.

Altare Della Patria

roma-lembrancas-da-gabi-blog

Inaugurado em 1911, o Altare Della Patria é uma homenagem ao primeiro rei da Itália Unificada: Vittorio Emanuele. No local há uma estátua em homanagem a ele.

O prédio onde fica o Altare Della Patria é impressionante, ao subir as escadas e ir até a estátua de Vittorio Emanuele, temos uma vista incrível da Piazza Venezia. Impossível não tirar uma foto, rs. 

Endereço: Piazza Venezia, 00186 Roma RM, Itália
Quanto custa? Gratuito.

Trastevere

trastevere-roma-lembrancas-da-gabi-blog

A Ponte Palatino liga a região de Roma Imperial ao bairro mais boêmio da cidade: Trastevere. Vale a pena passar o resto do dia nesse bairro que tem ótimas opções de restaurantes.

Em Trastevere se perca pelas ruazinhas estreitas, e admire as cores, cheiros, sons e sabores desse bairro cheio de vida em Roma.

Fontana dell’Acqua Paola

Essa fonte que fica em Trastevere foi construída entre 1585 e 1588, a mando do Papa Sisto V. Ela serviu de inspiração para a famosíssima Fontana di Trevi.

A Fontana dell’Acqua Paola é linda, e por ser menos conhecida e mais afastada do centro de Roma, você não vai ter que disputá-la com vários turistas, pode apreciar a beleza da fonte e tirar muitas fotos com calma.

Endereço: Via Garibaldi, 00153 Roma RM, Itália
Quanto custa? Gratuito.

Parque do Gianicolo

Bem ao lado da Fontana dell’Acqua Paolla fica o Parque do Gianicolo. Esse parque além de lindo oferece uma vista panorâmica privilegiada da cidade de Roma.

No parque há também uma estátua Giuseppe e Anita Garibaldi. As cinzas de Anita foram enterradas no pé da estátua.

Ponte Sisto

trastevere-roma-lembrancas-da-gabi-blog-2

Se possível admire o sol se pondo na Ponte Sisto, que oferece uma vista linda da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Dia 2 – Vaticano, Basílica de São Pedro, Capela Sistina e Vila Borghese

No nosso segundo dia em Roma, fomos conhecer o menor país do mundo: o Vaticano. É uma sensação bem engraçada, pois pegamos um ônibus em Trastevere (onde nos hospedamos) e 15 minutos depois estávamos em outro país, rs.

Dicas gerais para sua visita ao Vaticano

  • Procure usar roupas que cubram os joelhos, ombros e decotes. Ou então leve um lenço para se cobrir. Você pode ser barrado de entrar na Basílica de São Pedro ou no Museu do Vaticano se considerarem que você não está vestido apropriadamente.
  • Se quiser ver o Papa quando estiver no Vaticano, confira esse post da Apure Guria com todas as informações.

Piazza e Basílica de São Pedro

basilica-sao-pedro-roma-lembrancas-da-gabi-blog

A Praça São Pedro teve sua construção realizada entre 1656 e 1667 por Bernini ; 284 colunas e 88 pilastras circundam a praça em um pórtico de quatro filas.

Na lateral da praça, há a entrada para a Basílica de São Pedro, você vai ter que passar pelos detectores de metais e na época da nossa visita (julho de 2021), tivemos nossa temperatura medida.

A Basílica de São Pedro é a maior igreja do mundo. Ela foi construída entre os anos de 1506 e 1626, e é repleta de obras de Bernini, Giotto e Rafael. Não se paga nada para conhecer a Basílica de São Pedro.

O ponto mais conhecido da basílica é a sua cúpula, projetada por Michelângelo. Para conhecer é necessário pagar 8 euros (o valor é pago na hora), e estar preparado fisicamente, pois você terá que subir cerca de 300 degraus. Os horários de visitação da cúpula vão das 08h as 17h, mas só pode subir até as 16h.

A dica é sempre chegar cedo, se possível no primeiro horário, para evitar as multidões. Nós chegamos na Praça de São Pedro por volta das 8 horas, e foi maravilhoso porque visitamos tudo vazio e as temperaturas estavam agradáveis (nossa viagem foi no auge do verão). 

Endereço: Piazza San Pietro, 00120 Città del Vaticano, Cidade do Vaticano
Metrô: Estação Ottaviano ou Estação Cipro
Quanto custa? Não se paga nada para conhecer a Basílica de São Pedro; mas caso queira subir na cúpula o ingresso custa 8 euros.

Museu do Vaticano e Capela Sistina

museu-vaticano-lembrancas-da-gabi-blog

Nossa segunda parada no Vaticano foi no seu museu, compramos o ingresso pela internet (pelo site do Get your Guide) e escolhemos visitar o museu no primeiro horário as 08h30, para pegá-lo mais vazio.

O Museu do Vaticano é enorme, e possui uma das mais importantes coleções de obra do mundo. O acervo do museu conta com mais de 400 quadros de grandes artistas como Da Vinci, Rafaello e Caravaggio.

Uma das minhas partes preferidas no museu foi a Galeria dos Mapas: um corredor imenso, onde as paredes estão cobertas de mapas antigos desenhados a mão. Além disso, o teto da galeria é deslumbrante!

Por fim, a parte mais importante da nossa visita: a Capela Sistina. Como fomos ao museu no primeiro horário e por termos viajado em agosto 2021, com o turismo ainda enfraquecido pela pandemia, conhecemos a Capela Sistina praticamente vazia. Não tinha nem 20 pessoas lá, contando com os seguranças do museu, foi uma experiência incrível e inesquecível.

O teto da Capela Sistina foi pintado por Michelângelo e possui uma riqueza de detalhes, que se você ficar horas observando, sempre vai encontrar algo novo. As pinturas retratam histórias bíblicas, sendo a mais famosa “A criação de Adão”.

Não é permitido tirar fotos da Capela Sistina, por ser um lugar sagrado para os católicos. Ao mesmo tempo que eu acho isso uma pena, também sinto que aproveito mais quando é proibido fotografar, rs… Fiquei com os olhos bem abertos, tentando gravar toda a beleza e o silêncio do lugar na memória e no coração. Para quem ficou curioso, clique aqui para ver a Capela Sistina em 360 graus.

O Museu do Vaticano tem um jardim super agradável com uma lanchonete, onde dá para fazer uma pausa e tomar um café, antes de continuar passeando.

Endereço: 00120 Vatican City, Cidade do Vaticano
Metrô: Estação Ottaviano
Quanto custa? O ingresso com hora marcada, que te dá direito a furar a fila, custa €21. Sem hora marcada você vai pagar €17, mas vai ter que pegar a fila normal para entrar.

Piazza del Popolo

Depois de visitarmos o Vaticano, continuamos nosso passeio por Roma: pegamos o metrô na estação Otaviano e fomos até estação Flaminio. 

Nossa primeira parada nessa região foi a Piazza del Popolo (Praça do Povo), que é uma praça linda, onde acontecem shows e eventos culturais.

Na praça você vai encontrar o Obelisco Flaminio, que é o obelisco mais antigo de Roma.

Endereço: Piazza del Popolo, 00187 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Flaminio
Quanto custa? Gratuito

Vila Borghese e Galeria Borghese

O Parque da Vila Borghese é um dos mais bonitos da cidade. Dentro dele está a Galeria Borghese, o espaço que hoje é um museu, foi o palácio onde viveram herdeiros da família Borghese – uma das famílias mais ricas da Itália.

Na Galeria você vai encontrar obras de renomados artistas italianos, algumas das obras que pertenceram a família, hoje se encontrar no Museu do Louvre.

Endereço: Piazzale Napoleone I, 00197 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Flaminio
Quanto custa? Não se paga nada para conhecer o parque da Vila Borghese; mas caso queira conhecer a Galeria o ingresso custa 21 euros.

Fontana di Trevi

fontana-di-trevi-roma-lembrancas-da-gabi-blog

Da Vila Borghese você pode pegar o metrô novamente e descer na Estação Barberini. Ande alguns minutos e você vai encontrar um dos monumentos mais famosos de Roma.

A Fontana di Trevi é a maior fonte barroca da Itália, ela mede 26 metros de altura por 20 metros de largura. Ela começou a ser construída no ano de 1732 e levou 30 anos para ser concluída. A fonte recebe água do Acqua Vergine, um dos principais aquedutos de Roma.

É uma atração linda e imperdível de conferir, se puder vá vê-la tanto de dia, quanto de noite, porque ela fica linda iluminada pelas luzes da cidade.

Diz a lenda que se você jogar uma moeda na Fontana di Trevi, um dia você retornará para Roma. Milhões de turistas vão a Fontana di Trevi, todos os anos, e quase todos jogam as suas moedinhas, o resultado disso é que mais de 1 milhão e meio de euros são recolhidos por ano na fonte, esse dinheiro é doado para a caridade.

Claro que nós jogamos nossa moeda também, se um dia der certo, e eu voltar para Roma, eu conto para vocês :)

Endereço: Piazza di Trevi, 00187 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Barberini
Quanto custa? Grátis

Dia 3 – Fontana di Trevi, Piazza di Spagna, Panteão, Campo di Fiori, Piazza Navona, Castelo de St Angelo

Fontana di Trevi

No nosso último dia em Roma, acordamos cedo e fomos novamente visitar a Fontana di Trevi e eu recomendo muito que você também faça isso. Chegamos na fonte, por volta das 07h30 e ela não estava completamente vazia, mas havia poucas pessoas e conseguimos admirá-la com mais calma que no dia anterior.

Além disso, com a luz da manhã, a Fontana di Trevi consegue ficar ainda mais linda!

Depois de admirarmos a fonte, e fazermos muitas fotos com ela mais vazia, tomamos um café da manhã em um dos restaurantes que ficam em volta dela e continuamos nossa caminhada por Roma.

Endereço: Piazza di Trevi, 00187 Roma RM, Itália
Metrô: Estação Barberini
Quanto custa? Grátis

Piazza di Spagna

piazza-spagna-roma-lembrancas-da-gabi-blog

A Piazza di Spagna é uma das praças mais bonitas e famosas de Roma, ela fica em frente a uma escadaria que leva até a Igreja Trinità dei Monti. A praça tem esse nome, por causa da Embaixada da Espanha que fica bem próxima à ela.

É outro lugar que valeu muito a pena termos acordado cedo para ir conhecer, a praça é linda, e durante o dia os turistas costumam se sentar nas suas escadas conversando, comendo e acompanhando o movimento.

É uma delícia apreciar o lugar na calma da manhã, sem multidões ou muvucas.

Endereço: Piazza di Spagna, Roma RM, Itália
Metrô: Estação Spagna
Quanto custa? Grátis

Pantheon

pantheon-roma-lembrancas-da-gabi-blog

O Panteão foi reconstruído pelo imperador Adriano entre os anos de 118 e 128 depois de Cristo. Ele teve que ser reconstruído por causa de um incêndio que destruiu quase que completamente o Panteão original, que datava de 25 antes de Cristo. Hoje é um dos monumentos mais bem conservados da cidade.

Ele fica localizado na Piazza Rotonda, sua entrada é gratuita. A dica é tentar visitá-lo quando ainda for de dia, pois ele tem um vão por onde entra a luz, que é muito bacana de se observar.

Endereço: Piazza della Rotonda, 00186 Roma RM, Itália
Quanto custa? Grátis
Horário de Funcionamento: Segunda à sábado das 08h30 as 19h15 | Domingos das 09h as 17h45

Campo di Fiori

O Campo di Fiori tem esse nome, porque o lugar já foi um mercado onde se vendiam flores. Hoje, ainda é um lugar de compras em Roma: no Campo di Fiori você vai encontrar várias barracas vendendo comida, artesanatos e lembrancinhas.

Bem no centro da praça do Campo di Fiori, há uma estátua homenageando o filósofo Giordano Bruno, que foi condenado por heresia pela Igreja Católica e foi queimado exatamente nessa praça.

Ao redor da praça há bastante restaurantes e opções de lugares para comer ou beber.

Endereço: Piazza Campo de’ Fiori, 00186 Roma RM, Itália
Quanto custa? Grátis

Piazza Navona

A Piazza Navona é mais uma praça linda em Roma. Na praça há três fontes incríveis: A Fontana Del Moro, Fontana dei Quattro Fiumi e a Fontana de Calderari. É na Piazza Navona que fica a Embaixada do Brasil em Roma, no Palazzo Pamphili, na frente da fonte Quattro Fiumi.

Endereço: Piazza Navona, 00186 Roma RM, Itália
Quanto custa? Grátis

Palácio da Justiça de Roma

O Palácio da Justiça de Roma, foi a inspiração do arquiteto Ramos de Azevedo para construir o Tribunal de Justiça de São Paulo. Fiquei impressionada como a arquitetura é parecida. O Palácio da Justiça romano foi construído entre 1888 e 1910, depois da proclamação de Roma como capital da Itália.

Endereço: Piazza dei Tribunali, Roma RM, Itália

Castelo Sant Angelo

O Castelo de Sant Angelo é um dos monumentos mais antigos e preservados de Roma. Ele foi construído em 123 d.C.; isso mesmo há quase 2 mil anos atrás, para ser o mausoléu do Imperador Adriano e da sua família.

É possível visitar o Castelo, nós não visitamos, então não sei dizer como é a experiência.

Na frente do Castelo de Sant’Angelo, fica a Ponte de Sant’Angelo que conta com 10 estátuas de anjos, feitas por Bernini.

Endereço: Lungotevere Castello, 50, 00193 Roma RM, Itália
Quanto custa? €20

Espero que esse roteiro possa te ajudar a aproveitar o máximo do que Roma tem a oferecer! A capital da Itália é incrível, e levaria uma vida para explorar todos os seus encantos. Mas, para Roma conquistar seu coração, basta apenas alguns dias ♥

Leia também

Guia de Roma: o que fazer, quantos dias ficar, transporte e dicas para planejar sua viagem

Roteiro de 1,2, 4 e 6 dias em Buenos Aires com preços

Roteiro de 11 dias na Riviera Maia: Playa del Carmen, Tulum e Cancún

QUE TAL SEGUIR O BLOG NAS REDES SOCIAIS? ♥

No Instagram você pode acompanhar nossas viagens em tempo real, nosso dia a dia e receber muitas dicas.

No Facebook sempre estamos compartilhando posts novos e antigos, e você não vai perder nenhuma novidade por lá!

No Youtube trazemos vlogs das nossas viagens e outros momentos especiais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s